Mesmo com virgindade e zoofilia, “Caso Encerrado” fracassa no ibope

caso encerrado

O SBT resolveu apostar em uma edição “proibida” do “Caso Encerrado”, telebarraco latino que a emissora vem exibindo diariamente às 13h30, entretanto a estratégia não deu muito certo. O “Caso Encerrado Proibido” foi exibido na noite deste sábado (15) e patinou em audiência.

Segundo dados preliminares do Ibope, foram 3.3 pontos de média para o programa apresentado pela advogada cubana Dra. Ana María Polo. A atração ficou apenas em quarto lugar, atrás da Band, que marcou 3.3, da Record, que alcançou 6.9, e da Globo, que liderou com 15.9. Cada ponto equivale a 65 mil domicílios na Grande São Paulo.

A edição do programa foi classificada como “proibida” por ter sido classificada como inadequada para menores de 14 anos, diferentemente dos outros episódios, que tem classificação 10 anos.

Neste programa, casos bastante inusitados foram abordados. No primeiro, uma mulher exigia que sua irmã lhe pagasse US$ 150.000 e a acusava de ter tirado sua virgindade com os dedos. Já no segundo, outra convidada exigia que seu cônjuge lhe desse a quantia de US$ 20.000 por traí-la com animais e pedia divórcio o acusando de estar apaixonado por uma zebra.

Os números apresentados podem sofrer alterações no consolidado do Ibope.

Informações do portal “Almanaque da TV”.

Anúncios

Publicado em 17/03/2014, em Audiência da TV. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s